A décima quarta sessão de short/age – Shortfilms for a New Age acolheu duas convidadas com muito para contar. Maria Hespanhol trouxe-nos “Último Acto”, um filme protagonizado por Maria João Bastos que interpreta uma bailarina em fim de carreira. A história, como a realizadora partilhou, nasceu de um conto que foi depois adaptado ao grande ecrã. Esse conto, por sua vez, foi inspirado pelos anos em que a própria praticou ballet e, mesmo nova, já se deixava assaltar pela possibilidade de um fim prematuro.

Depois, Anastasia Raykova apresentou-nos “The Womb” um filme que produziu e que foi realizado pelo seu colega de escola Orkhan Aghazadeh. Aliás, a história de como cresce este filme é curiosa: na cabeça de Anastasia nasceu um apontamento de uma ideia, o de falar de uma grande perda e de como se lida com ela. Rapidamente encontra a atriz certa e depois reúne o resto da equipa. Um argumentista, o realizador, direção de arte, o local, etc. Todos trabalharam à distância na ideia e planearam cuidadosamente o que pretendiam fazer assim que se juntassem em Bugaga, no Alentejo. O resultado, visto na sessão, foi muito bem conseguido.

Por fim, a sessão encerrou com a curta “Timeline”, uma obra de Osber Parker que nos faz refletir sobre o futuro quando há cada vez mais linhas que nos separam.

SOBRE O SHORT/AGE – SHORTFILMS FOR A NEW AGE
O projeto short/age nasce em Abril de 2020 como resposta ao primeiro confinamento e cria uma plataforma online que reúne hoje quase 200 curtas-metragens, um podcast com dezenas de episódios e cria “Novos Argumentos” ao convidar autores de todo o país a escrever um guião. Em 2021, têm planeadas 20 sessões com mostra de cinema, leitura discussão de argumentos.

QUEM?
short/age c/ Luís Belo e Carlos Salvador

O QUÊ?
Sessão de cinema

PARA QUEM?
Público Geral

DURAÇÃO
1h45

QUANDO?
15 de outubro, 2021. 17h00

ONDE?
Incubadora do Centro Histórico
Viseu, Portugal