O tema do amor esteve no centro das curtas metragens desta sessão. “Quando for tarde”, de Matilde Calado partilha a espera de alguém que não tenciona ficar, descreve-se como “uma reflexão sobre a utopia antiga de que o príncipe encantado chegará para preencher todos os nossos vazios”.
A segunda curta metragem da noite pertence a Henrique Brazão, o madeirense apenas conseguiu marcar presença por vídeo, mas explicou-nos que “Em Junho” explora o tempo da adolescência e a passagem para a idade adulta; uma ideia de emancipação atráves da consciência do próprio corpo.
Foi outra sessão esgotada do Shortcutz Viseu. O nosso obrigado a este público que não desaponta!

SOBRE O SHORCUTZ VISEU
O projeto Shortcutz Viseu faz parte da Shortcutz Network, uma rede internacional de 17 cidades distribuídas por Portugal, Inglaterra, Alemanha, Holanda e Brasil, que apresentam cinema curto de forma regular, com a presença das equipas dos filmes em exibição e com a cinematografia do respetivo país. Shortcutz Viseu é a 3.ª cidade portuguesa mais antiga na rede, tendo começado em Julho de 2013.

QUEM?
Shortcutz Viseu c/ Luís Belo e Carlos Salvador

O QUÊ?
Sessão de Cinema Curto

PARA QUEM?
Público Geral

DURAÇÃO
1h15

QUANDO?
7 de agosto, 2020. 22h00

ONDE?
Incubadora do Centro Histórico
Viseu, Portugal